• Teresina
  • São João do Piauí
  • Cristino Castro
  • Pedro II
  • Campo Maior
  • Oeiras
  • Campinas do Piauí
  • Teresina
    por R2 Comunicação
  • São João do Piauí
    por R2 Comunicação
  • Cristino Castro
    por R2 Comunicação
  • Pedro II
    por Promotor Carlos Rubem
  • Campo Maior
    por Promotor Carlos Rubem
  • Oeiras
    por Promotor Carlos Rubem
  • Campinas do Piauí
    por Promotor Carlos Rubem
Newsletter
Cadastre-se e receba as notícias da APMP em seu Email

Preencha acima e clique na tecla Enter
 

Parceiros

MP Oline JustVida

Notícias

NOTA DE APOIO - Ubiraci Rocha e Eliardo Cabral  | (17/09/2018)

 
 
A Associação Piauiense do Ministério Público (APMP), entidade de classe representativa de promotores e procuradores de justiça do Ministério Público do Estado do Piauí, vem a público se manifestar diante de áudios que atribuem à pessoa de Jivago Castro supostas ofensas e ameaças dirigidas aos membros do Ministério Público, Ubiraci Rocha e Eliardo Cabral (hoje, aposentado). 
 
De pronto, necessário averiguar a autenticidade dos áudios e a identidade do autor da manifestação, embora conste em rede social manifestação proferida pela citada pessoa confirmando a autoria. Caso as suspeitas sejam ratificadas, qualquer que seja o autor das ofensas, cabe a esta entidade manifestar seu mais veemente repúdio pelas declarações prestadas, em nítida tentativa de amedrontar e intimidar dois homens públicos íntegros, cuja trajetória pessoal e profissional fala por si.
 
A Associação Piauiense do Ministério Público não pode admitir condutas que visem atacar a honorabilidade de pessoas sérias e irá tomar todas as providências no sentido de que as ofensas e ameaças proferidas sejam severamente punidas, bem como que o dano moral causado seja reparado, além de pugnar no sentido de que o Ministério Público do Estado do Piauí adote as medidas necessárias no sentido de assegurar a proteção dos agentes públicos atingidos por sua atuação profissional.
 
A APMP, entidade representativa de membros do Ministério Público, estará vigilante e irá cobrar que os órgãos investigativos não poupem esforços para que o autor dos áudios seja identificado e processado civil e criminalmente.
 
Aos membros do Ministério Público ameaçados e ofendidos, que recebam nossa solidariedade e aqui nos resta manifestar nossa consciência e convicção de que toda a sociedade piauiense confia nos Promotores ofendidos, realçando que sua idoneidade e dedicação profissional sempre foram a marca registrada que não se afetará por declarações destemperadas que merecem punição exemplar.
 
Tais ofensas e ameaças direcionadas a agentes públicos atingem todo o corpo social e não podem ser toleradas em um Estado Democrático de Direito.
 
Associação Piauiense do Ministério Público
 



Mais Notícias

 
por m@rc05!r@n